Empresa


NOSSA EMPRESA

 

Desde 1976 prestamos consultorias em vários estados do Brasil e no exterior. O Grupo Apse tem sua expertise focada no desenvolvimento de organizações por meio de programas personalizados que capacitam e desenvolvem o potencial de talentos humanos. Temos observado, em nossa experiência prática, que muitos profissionais, diante das sensíveis mudanças que ocorrem no mundo, sentem-se dominados freqüentemente, por sentimentos muito fortes de insatisfação e insegurança que os levam à desmotivação e frustração. O resultado é baixa produtividade, posturas negativas e atitudes descomprometidas. 

Nossas pesquisas e estudos estatísticos revelaram que existem alguns motivos para esses sentimentos negativos. Contudo, o principal é que as pessoas acabam produzindo bem menos do que achavam inicialmente que teriam condições de produzir. Essa baixa produtividade afeta a auto-estima e pode gerar, dentro da organização, zonas de conflitos emocionais generalizados, desentendimentos interpessoais, descomprometimento em relação às políticas e planejamento estabelecidos pela organização e, sobretudo, atitude mental negativa.

Essas organizações, quando estão parcial ou totalmente dominadas por um clima organizacional negativo, perdem qualidade, produtividade, competitividade, liderança de mercado e, conseqüentemente, perdem lucratividade.

 

Quais outros motivos contribuem, para que isso ocorra?

Essa indagação estimulou em nós a idéia de pesquisar e estudar os motivos que levam as pessoas e organizações a produzirem menos do que podem. 

 

Constatamos as seguintes lacunas:  

  1. Não havendo um científico processo de autoconhecimento e não conseguindo identificar suas reais aptidões e potenciais, os profissionais não desenvolvem novas atitudes ou novas posturas e elas permanecem inaproveitadas.
     
  2. Não se realizando pesquisa e mapeamento das aptidões, parte considerável dos funcionários de uma organização ocupa, por atitude, cargo ou função que não corresponde às suas reais características ou competências.
     
  3. Quando a organização não disponibiliza eficientes programas de capacitação e desenvolvimento contínuo para ajustá-los emocionalmente às características pelo cargo, deixa de observar as potencialidades, e os funcionários trabalham mais por atitude e menos por aptidão, gerando pessoas improdutivas e infelizes.os funcionários trabalham mais por atitude e menos por aptidão, e a organização não disponibiliza eficientes programas de capacitação e desenvolvimento contínuo, para ajustá-los emocionalmente as características exigidas pelo cargo, essas potencialidades e recursos permanecem desconhecidos, as pessoas improdutivas e infelizes.
     
  4. O gerenciamento inadequado de certos lideres ou determinadas políticas da organização, colocadas em segundo plano ou até mesmo ignoram a necessidade de se encarar o profissional como um ser humano, com problemas e aspirações. Quando não atendidas, podem comprometer a busca de um resultado final eficiente.
     
  5. Boa parte das organizações desconhece ou não leva em consideração as estatísticas que dizem: cerca de 80% dos conflitos existentes na empresa ou entre seus executivos correspondem a problemas de ordem emocional e não técnicos.
     
  6. 6. O não desenvolvimento dos recursos intuitivos de alguns líderes, no trato com as pessoas e equipes, não lhes permitem ter uma visão objetiva da realidade – equilíbrio emocional - e acabam por misturar os problemas da realidade interior e da realidade externa.
     
  7. Algumas organizações não desenvolvem políticas empresariais eficazes voltadas à otimização dos talentos humanos. Desconhecem mecanismos e programas que potencializem a produtividade das pessoas, que lhes criem condições para trabalharem de acordo com suas aptidões. Não se sentindo plenamente felizes, interessadas ou realizadas em seu trabalho, têm dificuldades para desenvolver um comportamento que as ajudem a ter uma atitude razoavelmente madura do ponto de vista emocional. 
     

O Grupo Apse desenvolveu programas, projetos e serviços para preencher essa lacuna.

A nossa empresa entende que, cuidar do problema técnico, sem ter cuidado do homem em primeiro lugar, implica numa solução parcial e precária do problema. O Grupo Apse irá ajudar os profissionais a terem uma atitude objetiva para que cada um possa estar apto a resolver, por conta própria, boa parte dos problemas que surgirem.

2013. Grupo APSE - Todos os direitos Reservados.